top of page
  • Foto do escritorViviane Ribeiro

Pilates durante a gestação: Benefícios e contraindicações

Durante a gravidez a primeira regra básica para a adesão a uma rotina de exercícios físicos é que a gestante tenha liberação médica.


Se a gestante já era adepta da prática antes, dar continuidade pode ser mais fácil, porém é de extrema importância que o profissional de educação física conheça muito bem as recomendações para que obtenha bons resultados.


Não existem impedimentos totais para a pratica do pilates durante a gravidez, porém no caso de gestantes consideradas insuficientemente ativas, além da liberação médica, o professor deve priorizar exercícios de intensidade leve a moderada, evitando promover alterações significativas da frequência cardíaca ou gerar estresse muscular.





Em todos os casos estar atento e preparado para identificar possíveis sinais de intolerância ao exercício e saber quais atitudes tomar é imprescindível.


"Os EXERCÍCIOS DE PILATES: promovem maior oxigenação, potencializam a concentração, estimulam o aumento da resistência muscular, da flexibilidade, equilíbrio, mobilidade e coordenação motora, favorecendo assim a MELHORA DA QUALIDADE DE VIDA durante o PERÍODO GESTACIONAL."



ATENÇÃO:


Gradativamente o peso da barriga aumenta e sem uma devida preparação para esta alteração corporal é possível que ocorram adaptações posturais inadequadas que podem gerar dores e desconfortos. Isto pode induzir a gestante a reduzir os movimentos durante seu dia a dia e consequentemente a velocidade do fluxo sanguíneo pode ser diminuida. -》Um possível inchaço nas pernas e braços pode surgir como sinal de alerta do corpo.


"Com a realização de exercícios adequados de forma rotineira e bem prescrita é possível minimizar ou até mesmo evitar esses sintomas."


A tão famosa contração do períneo estimulada durante a realização do exercícios de Pilates ajuda a diminuir o risco de incontinência urinária durante a gestação e também no pós-parto, porém no último trimestre ela não deve ser mais associada a contratação abdominal pois durante um possível parto normal, a contratação abdominal deverá estar atrelada ao relaxamento do períneo.


Outros POSSÍVEIS BENEFÍCIOS obtidos com a adesão aos TREINOS INDIVIDUAIS e PERSONALIZADOS são:


• Redução de dores e desconfortos nas costas;

• Controle da ansiedade;

• Redução do stress;

• Manutenção do condicionamento físico;

• Controle da respiração;

• Melhor circulação sanguínea;

• Maior oxigenação do feto.


Que saber mais?

Venha conhecer nosso trabalho.




Referências


1. Kroetz, Daniele C, Santos, Máira D. , BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NAS ALTERAÇÕES MUSCULOESQUELÉTICAS DECORRENTES DO PERÍODO

GESTACIONAL, Visão Universitária, 2015 - ISSN 1519-6402.


2. ENDACOTT, J. Pilates para grávidas: exercícios simples e seguros para antes e depois do parto. 1. ed. Barueri, SP: Manole, 2007

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page